A Bruxinha que era boa no Teatro Ziembinski

Foto: Robson Sancheznossa

A peça infantil conta a história da Bruxinha Ângela, uma bruxinha diferente das outras que frequentam a Escola de Maldades da Floresta e que estão sendo preparadas para serem as piores-melhores bruxas e assim ganhar a tão sonhada vassoura a jato. As bruxas Caolha, Fredegunda, Fedorosa, Fedelha, Fedorenta, Xexelenta, Dedo-duro, Lambisgóia, Dia nublado, Nariz Empinado, Pirracenta e Mal me quer, juntamente com Ângela serão avaliadas pelo Bruxo Belzebu e por seus bruxos e bruxas auxiliares: Vice-bruxa, Bruxinhos Coisa Ruim, Leva e Traz, Malvadeza e Língua Azul. Porém nem os conselhos e ensinamentos da Vossa Bruxeza, a grande bruxa, ajudam a Bruxinha Ângela a ser uma excelente aluna e como castigo ela é presa na Torre de Piche. É nessa hora que ela conhece Pedrinho, um jovem lenhador e as Fadas Purpurina, Lavanda, Chuva de ouro, Água da Fonte, Lírio, Luz da Lua e Pôr do sol, que não se assustam com a aparência da Bruxinha Ângela e a ajudam a fugir do castigo e ganhar a tão sonhada vassoura a jato.

Classificação – Livre

Texto – Maria Clara Machado
Adaptação e direção – Bia Campos
Elenco – Alana Araújo, Alice Telles, Ana Clara Moraes, Ana Júlia Mattos, Ana Luiza Almeida, Annaluz Senes, Mila Faillace, Elena Ferreira, Giovana Simões, Isabella Piekny, Isabelle Ardisson, Júlia Bonita, Kaio Dias, Lara Rangel, Letícia Maia, Lucas Medeiros, Luisa Mello, Manu Gonçalves, Maria Mariana, Mateus Ramos, Nicole Ribeiro, Rafael Santos, Rhana Vitória, Rogério Isaias, Stela Tuttman, Tiago Morais, Vitória Tannis, Yasmim Goulart
Produção e realização – Residência Artística OPSIS SOLUÇOES CULTURAIS | Ziembinski (Com)Vida

 Serviço:

Teatro Municipal Ziembinski
Rua Heitor Beltrão s/nº – Tijuca
Tel.:3234-2003 – em frente à estação de metrô São Francisco Xavier
e-mail institucional: teatrozimba.culturapresente@gmail.com

Sábado, dia de apresentação , 10 de dezembro, às 16h
R$30,00 (inteira)

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here