Abel assume culpa pela derrota e diz que jogadores pediram para não serem poupados

Foto: Nelson Perez / Fluminense FC
Foto: Nelson Perez / Fluminense FC

O Fluminense segue a sua sina de maus resultados no Campeonato Brasileiro. Em casa, o tricolor foi derrotado por 1 a 0 pelo Palmeiras e segue com 31 pontos ganhos na competição, ocupando agora a 12ª colocação. Apesar do desgastante jogo com a LDU (EQU), na Copa Sul-Americana, Abel Braga resolveu não poupar ninguém e mandou a campo a força máxima.

Após a partida o treinador assumiu que errou na estratégia adotada para o jogo e assumiu a culpa pelo insucesso. Abel garantiu que pensou em poupar a equipe, mas foi convencido do contrário pelos jogadores, que se sentiam a vontade para poderem jogar.

“Já aconteceu fato igual, quando jogamos com o Sinop na Copa do Brasil. Chegamos na sexta para disputar a Taça Guanabara e vencemos. Mas a responsabilidade é minha. Após o apito final na quinta, pela atitude dos jogadores em campo, que deitaram no gramado… Na minha cabeça, eu estava com muita consciência de que mudaria a equipe”, explicou.

“Conversando com os jogadores, me deixei levar. Todos disseram que estavam muito bem. O treinador que não segue sua consciência e sua equipe perde, tem que ser o responsável. Não vou culpar os jogadores. Errei na escalação e na estratégia”, completou Abel Braga.

O próximo jogo do tricolor será no domingo (01), quando vai enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*