“Adeus, Robinson” no Sesc Tijuca

Foto: Matheus Meira

“Adeus, Robinson” estreia no Sesc Tijuca 40 anos depois de ter sido escrito por Julio Cortázar. É a segunda vez que Diogo Villa Maior assina a direção de um texto do autor argentino. Em 2015, ele montou “Cronópio: as aventuras de um herói desajustado”, uma adaptação infanto-juvenil do clássico “Histórias de Cronópios e de Famas”. “Cortázar é viciante”, explica Villa Maior. “Seus diálogos diretos e cortantes ironizam a falência do mundo contemporâneo.”

Em “Adeus, Robinson” Cortázar faz uma releitura do livro “As aventuras de Robinson Crusoé”, de Daniel Defoe. Se na obra original o personagem título encontra-se perdido em uma ilha deserta, na narrativa de Cortázar Crusoé retorna a ilha 30 anos depois de ter sido resgatado e se depara com uma ilha completamente urbanizada e superpovoada. Acompanhado de Sexta-feira, o canibal que civilizou e transformou em seu criado, Robinson fica estarrecido ao perceber que os civilizados, embora aos milhões, estão mais sós do que ele próprio quando náufrago.

Em cena, Helder Agostini e Hugo Camizão vivem Crusoé e nativo Sexta-feira. Enquanto Robinson é proibido de circular pela cidade por questões de segurança de estado, Sexta-feira vive um reencontro com seu povo. No cenário, cinco malas e diversas projeções dão vida à ilha de João da Silva. “Encontramos uma forma de reforçar a angústia e o sufoco que Robinson sente por estar o tempo inteiro em lugares fechados, vendo o mundo só pela janela, impedido de andar pelas ruas”, explica Villa Maior.

SERVIÇO:

“Adeus, Robinson”

​​Sinopse | O clássico personagem Robinson Crusoé retorna à ilha deserta onde ficou perdido durante anos. Mas agora ela é uma cidade grande, superpovoada e urbanizada.

Sesc Tijuca – Teatro 2
Rua Barão de Mesquita, 539 – Tijuca
De 09 de junho a 25 de junho
Sexta a domingo às 19h
R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,00 (meia-entrada)
Tel: (21) 3238-2139
Duração: 55 minutos
Classificação 12 anos

​​Ficha técnica

Texto original: Julio Cortázar
Direção geral: Diogo Villa Maior
Elenco: Helder Agostini e Hugo Camizão
Direção de arte: Fabiana Mimura
Iluminação: Rafael Turatti
Trilha sonora: Felipe Tupinambá

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*