Ancelotti afirma que atrito com Gareth Bale foi um dos motivos para a sua demissão do Real Madrid

Carlo Ancelotti conseguiu levar o Real Madrid à conquista da Liga dos Campeões na temporada 2013/14, mas nem o título de peso o manteve no cargo. Em seu livro “Liderança tranquila: ganhando corações, mentes e partidas”, o treinador revela detalhes de como Bale encurtou sua passagem no clube espanhol. O galês chegou a reclamar com o presidente Florentino Perez por ter ido parar no banco de reservas.

“O diretor me chamou por telefone e disse que o presidente queria falar comigo. Quando fui a seu escritório, ele me disse que Bale o havia ligado. Eu o substituí na partida de 4 de janeiro (2015, derrota para o Valencia)”, escreveu.

“O agente de Bale reclamou porque Gareth queria jogar pelo meio. O presidente me perguntou o que eu iria fazer e disse: ‘nada’. Não podia mudar o esquema tático na metade da temporada. Desde então, minha relação com o presidente não foi mais a mesma”, completou o treinador.

Ancelotti ainda revelou que conversou pessoalmente com Bale: “Disse a ele que sabia que seu agente havia falado com o presidente. ‘Por que não veio falar comigo?’, questionei. ‘Sim, ok, sem problemas’, ele respondeu. Fui claro com ele. Disse que poderíamos tentar uma mudança de posição na pré-temporada, mas não naquele momento. Não era o momento de mudar o esquema tático. Não tinha sentido”, completou.

Na metade de 2015, Ancelotti acabou demitido do comando do Real Madrid, sendo substituído por Rafa Benítez.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*