ANP assina contratos da 4ª rodada de áreas de acumulação de petróleo

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) assinou hoje (31) cinco dos seis contratos relativos às empresas vencedoras da 4ª rodada de licitações de áreas com acumulações maduras de petróleo, ocorrida em maio deste ano, no Rio de Janeiro.

No leilão, foram arrecadados R$ 7.977.983,46 em bônus de assinatura, com um ágio médio de 1991,52%, o maior já registrado em leilões de áreas de acumulações maduras, de acordo com a agência.

Das seis empresas vencedoras da licitação, cinco apresentaram a documentação exigida pelo edital de licitação e comprovaram o pagamento do bônus de assinatura ofertado, além deram a garantia financeira do programa de trabalho inicial.

As empresas que assinaram os contratos de concessão são a Ubuntu Engenharia e Serviços, a Imetame Energia, a Newo Óleo e Gás, a Muncks & Reboques Brasil e a Dimensional Engenharia, Apenas a Petrol Serviços de Sondagem não conseguiu entregar a tempo garantia de trabalho inicial. A diretoria, no entanto, deu mais prazo para a entrega.

O programa de trabalho inicial das áreas arrematadas totaliza investimentos da ordem de R$ 9,1 milhões. Áreas inativas com acumulações maduras abrangem a área de concessão com descobertas conhecidas de petróleo e gás natural, onde não houve produção ou a produção foi interrompida por falta de interesse econômico.

As áreas selecionadas em bacias maduras, tem como objetivo ampliar o conhecimento das bacias sedimentares e oferecer oportunidades a pequenas e médias empresas, possibilitando a continuidade dessas atividades nas regiões onde exercem importante papel socioeconômico.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*