Após queda na Copa do Brasil, Rueda destaca foco na Sul-Americana e no Brasileirão

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Depois do empate sem gols no Mineirão, o Flamengo foi derrotado nos pênaltis para o Cruzeiro por 5 a 3 e acabou com o vice-campeonato da Copa do Brasil. Nas cobranças, o time mineiro converteu todas, enquanto o Fla desperdiçou uma cobrada por Diego, que parou no goleiro Fábio.

A ressaca pós derrota foi natural dentro do elenco rubro-negro, mas o técnico Reinaldo Rueda destacou a importância de não se abater com o insucesso. O treinador lembrou que o Fla ainda tem duas competições pela frente e que precisa fazer o melhor em ambas.

“Estamos trabalhando bem, o grupo está bem. Agora é nos fecharmos, estarmos mais juntos que nunca. Fortalecer e tirar proveito disso. Pela instituição, pela torcida, por nós. Temos que ter o sonho na Sul-Americana e ir bem no Brasileirão”, afirmou Rueda.

O que também ficou marcado com relação à partida foi mais uma atuação abaixo da média de Alex Muralha. Pouco exigido durante os 90 minutos, o goleiro teve duas saídas estranhas do gol que quase proporcionaram o Cruzeiro a marcar. Nos pênaltis, escolheu apenas o canto direito para pular e foi na direção de apenas uma cobrança, executada por Diogo Barbosa.

“Alex fez um grande trabalho, estava bem estudado, analisado para pênaltis. Houve uma mudança em um dos batedores do Cruzeiro. Mas não é a hora de pensar dessa forma. Penso que a decisão não foi nos pênaltis, foi no Maracanã por não ter tido a diferença”, afirmou o técnico Reinaldo Rueda.

O Flamengo ganha folga nesta quinta-feira (28), e só se reapresenta nesta sexta (29). O time só vai atuar na próxima segunda-feira (02), quando vai até Campinas para enfrentar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.

 

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*