Após reunião, Vasco confirma saída de Jorginho

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Mesmo garantindo o Vasco na primeira divisão do futebol brasileiro, o técnico Jorginho não vai permanecer no clube para 2017. Com o elenco já de férias, a diretoria começa a planejar o próximo ano e se reuniu com o treinador nesta segunda-feira (28), em São Januário. Quem informou a saída do treinador foi o presidente Eurico Miranda, que concedeu uma entrevista coletiva na sede do clube. O mandatário do Vasco fez questão de afirmar que o acerto para a saída foi uma decisão conjunta.

“A reformulação não seria feita se eu não tivesse conversado antes com o Jorginho. Chegamos a uma conclusão consensual. A primeira comunicação é que vou fazer uma reformulação no departamento de futebol, que começa com a saída do treinador. Se não fosse assim, não faria. Foi consensual. Quero deixar registrado que tive o reconhecimento ao trabalho desenvolvido”, afirmou Eurico Miranda.

Jorginho chegou ao Vasco em agosto do ano passado com o objetivo de livrar o cruzmaltino da Série B do Campeonato Brasileiro. Embora tenha feito o time atuar bem e iniciar uma reação, o rebaixamento acabou acontecendo. Neste ano, o treinador conquistou o título do Campeonato Carioca de maneira invicta e chegou a acumular uma sequência de 34 jogos sem derrotas. No entanto, a fase conturbada na Série B e o acesso garantido somente na última rodada, contaram na demissão do treinador.

Ao todo Jorginho comandou o clube em 85 partidas, tendo conseguido 43 vitórias, 24 empates e 18 derrotas.

O clube ainda não confirma a procura por técnicos no mercado, mas pelo menos três profissionais estão na pauta do cruzmaltino. Os principais nomes que se destacam são os de Ricardo Gomes (campeão da Copa do Brasil pelo clube, em 2011) e Roger Machado (treinador que teve grande passagem recente pelo Grêmio).

Deixe uma resposta