Arena Condá se prepara para velório de vítimas de queda de avião da Chapecoense

A cidade de Chapecó vive a expectativa da chegada dos corpos das vítimas do acidente que matou a delegação da Chapecoense e jornalistas que viajavam a Medellín para a final da Copa Sulamericana. A prefeitura da cidade catarinense já havia confirmado que o velório de 51 das 71 vítimas será realizado de forma coletiva no estádio do clube alviverde, a Arena Condá.

A cerimônia estava prevista para ocorrer amanhã (2), mas a direção da Chapecoense recebeu da Força Aérea Brasileira a informação de que os corpos das vítimas devem pousar na cidade catarinense apenas na madrugada do dia seguinte. Por isso, o velório coletivo foi confirmado para a manhã de sábado (3).

A Arena Condá já está recebendo as adequações necessárias para que a cerimônia seja possível. No gramado do estádio, estão sendo instalados toldos para proteger os caixões e para permitir um maior conforto às famílias e amigos das vítimas que estarão no velório. A torcida do time e a população de Chapecó terão acesso às arquibancadas para também prestar a sua homenagem e se despedir dos atletas, dirigentes e da comissão técnica.

Os preparativos das autoridades de Chapecó e dos dirigentes do clube preveem, inclusive, a possibilidade de que o presidente da República, Michel Temer, compareça à cerimônia. A presença dele, no entanto, ainda não foi confirmada pelo Palácio do Planalto. O presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino, confirmou a participação no velório. Ele cancelou outros compromissos que estavam agendados pela federação para poder viajar ao Brasil.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*