Assessor de ex-ministro presta depoimento sobre fraude em transporte escolar

A Polícia Federal confirmou hoje (28) que o subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo, Leonardo Américo Silveira de Oliveira, se apresentou na superintendência da corporação, em Salvador, para ser interrogado sobre as investigações que levaram à Operação Vigilante, deflagrada na última sexta-feira (25). O objetivo foi desarticular um esquema de fraude em transporte escolar em alguns municípios baianos.

A PF não deu detalhes sobre o depoimento do subchefe que se apresentou espontaneamente, nesta segunda-feira, porque estava em viagem, no dia em que foram cumpridos os mandados.

Leonardo Américo era assessor do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que renunciou ao cargo depois que o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero disse que foi pressionado para liberação das obras do edifício La Vue, em Salvador. O empreendimento estava com a construção embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), ligado ao Ministério da Cultura.

Além disso, a PF confirmou que o vice-prefeito eleito na cidade baiana de Malhada das Pedras, Adriano Paca, foi preso na tarde de hoje (28), depois de ser considerado foragido no dia em que foi deflagrada a Operação Vigilante. Ele foi encaminhado ao Presídio de Vitória da Conquista, Sudoeste da Bahia.

Agência Brasil

Deixe uma resposta