Autuori destaca estratégias do Fluminense para temporada

Primeira entrevista coletiva do ano foi com o Diretor Esportivo de Futebol Profissional

Após a apresentação na quarta-feira, o Fluminense deu início às atividades na manhã desta quinta, quando Paulo Autuori, Diretor Esportivo de Futebol Profissional do clube, falou em entrevista coletiva no CTPA. Entre os principais assuntos, Autuori destacou as estratégias do Tricolor para a temporada.

REAPRESENTAÇÃO
O ambiente é ótimo. Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, mas não queremos nos propror a criar mais dificuldades, já que os oponentes vão nos colocar dentro de campo. Estamos satisfeitos de começar mais um ano, sempre pensamos em esperança, mas é muito mais no sentido de ir à luta, trabalhar, enfrentar as dificuldades de frente. O nosso papo é direto, vamos ver no dia a dia se seremos capazes de suportar as dificuldades tanto individual quanto em grupo.

ABEL BRAGA
O Abel é a figura máxima aqui, começou o ano extremamente motivado, com um discurso claro e forte com os jogadores. Temos um treinador de altíssimo nível, é um campeão da vida e um tremendo parceiro do clube, renomado, acostumado a ganhar títulos. O objetivo é oferecer ao Abel condições de lutar por aquilo que ele está acostumado, que são títulos. Isso é credibilidade, se conquista com prestígio e isso temos com o Abel e numa instituição que sempre mostrou sua excelência.

GUSTAVO SCARPA
O Gustavo Scarpa é jogador do Fluminense e esperamos que ele se apresente. Ele tem um alto nível intelectual e sabe que gratidão é algo grandioso para todo ser humano e ele como ser humano sempre soube reconhecer. O Fluminense sempre esteve aberto a negociações, se não foram para frente não foi pelo Fluminense nem pelo clube interessado, mas isso só ele poderá responder. Sabemos da qualidade do Scarpa, é cobiçado por vários times, tudo isso é mérito exclusivo dele, da carreira que ele construiu. Sabemos da importância dele para o clube, assim como ele sabe da importância da instituição para ele. Eu próprio tentei entrar em contato com ele e não obtive resposta.

NEGOCIAÇÕES
O Fluminense tem uma política clara hoje que é cumprir com seus compromissos, não existe coisa menor para um clube de futebol do que não cumprir seus compromissos, isso é grandiosidade e nós queremos isso. O clube sempre se pautou por cumprir suas obrigações, o momento de dificuldade que se teve é justamente o que não queremos no futuro. É uma via de mão dupla, no Brasil falamos muito de direitos e deveres. No futebol nada me surpreende, tão pouco me decepciono, pois não espero nada de ninguém. Tenho controle sobre mim e não sobre as outras pessoas.

BASE
O Fluminense é caracterizado por ter uma base de qualidade, um grupo bastante jovem, temos que salientar isso. Tiveram uma responsabilidade grande no ano passado, superaram momentos difíceis. Dentro disso, não vamos iludir ninguém, temos que ter um olhar interno e cuidar do que é nosso, da nossa situação e depois, pensar em trazer outros jogadores. Logicamente que vamos trazer outros jogadores, desde que não fira nosso ideal, que é de regularizar a saúde econômica do clube.

ESTRATÉGIAS
Já fui técnico de futebol e sei que não tenho como prever nada. A gente trabalha e confia no que faz, e dentro das possibilidades e oportunidades de negócio, vamos trazer jogadores. Sabemos que a experiência é fundamental, mas estamos trabalhando de forma tranquila, tudo tem estratégia, passível de crítica, temos que saber entender as construtivas. Futebol é generoso, minha questão é sempre sobre o dia seguinte. Como instituição, vamos pensar sempre se seremos capazes de corresponder às expectativas da continuidade do trabalho.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*