Balança acumula superávit recorde de US$ 38,5 bi até outubro

A balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 38,527 bilhões de janeiro a outubro deste ano. O resultado é o melhor para o período desde o início da série histórica, em 1989. Antes, o maior saldo registrado havia sido o de janeiro a outubro de 2006, positivo em US$ 38,166 bilhões.

O governo projeta superávit entre US$ 45 bilhões e US$ 50 bilhões para 2016. O resultado pode ser recorde histórico anual, caso supere o saldo positivo de US$ 46,4 bilhões verificado em 2006.

Para o mês de outubro, foi registrado superávit de US$ 2,346 bilhões, o melhor para o período desde 2011. Naquele ano, houve saldo positivo de US$ 2,362 bilhões para o mesmo mês.

Os dados foram divulgados hoje (1°) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. A balança comercial tem superávit quando as exportações, vendas do Brasil para parceiros de negócios no exterior, superam as importações, que são as compras do país também no exterior.

Exportações e importações

O saldo positivo de outubro resultou de US$ 13,721 bilhões em exportações e US$ 11,375 bilhões em importações. O valor exportado caiu 10,2% em relação a outubro de 2015, segundo o critério da média diária, que leva em conta o valor negociado por dia útil. Na comparação com setembro, as exportações caíram 8,8%.

Em relação às compras do Brasil no exterior, houve queda de 15% na comparação com outubro de 2015. Comparado com setembro deste ano, as importações caíram 0,4% segundo a média diária.

Agência Brasil

Deixe uma resposta