Banda Laranjeletric em única apresentação no Teatro Café Pequeno

Foto divulgação

Fortemente influenciados pela música negra, a banda finca seus pés no Blues para compor seu repertório autoral e em seus shows tem também deixado claras suas referências ao interpretar clássicos imortais de artistas como Robert Johnson; Muddy Waters; Howlin’ Wolf e Willie Dixon. Indo mais adiante, na linha do tempo do Soul e do Funk, reverenciando figuras como B.B. King; Albert King; Freddie King; Buddy Guy e Bill Withers ou ainda enquanto remonta hinos de artistas que determinam a evolução do gênero como Jimi Hendrix; Curtis Mayfield; The Rolling Stones e Stevie Wonder por exemplo.

A banda é o maior expoente do Blues no cenário brasileiro, já em atividade há mais de 30 anos. Do começo para cá, a Laranjeletric tem chamado atenção no cenário carioca e tem por isto tido a honra de dividir noites emblemáticas com grandes nomes do blues brasileiro como Flávio Guimarães, Alamo Leal, Claudio Bedran e Pedro Strasser (músicos do Blues Etílicos); Big Gilson(ex-Big Allanbik), Sergio Rocha (ex – Baseado Em Blues), e tem atendido a convites para atuar nas casas mais importantes que recebem o gênero no Rio de Janeiro e começando a despontar também nos Festivais, como o Festival de Blues do Porto; Projeto Som Da Cidade (Este uma iniciativa da Rede Globo que reuniu importantes nomes do Blues de todo o Brasil, e recentemente esteve no Palco do Teatro Rival-BR, em uma noite de homenagens à Celso Blues Boy, nome de maior destaque a representar o Blues no Brasil e no Mundo.

A ligação do Blues com a música brasileira não se dá apenas na contemporaneidade, mas também na sua gênese, herança do sangue africano que carregamos e que naturalmente transborda no DNA das canções autorais do grupo que quer deixar isto claro através de dedicação ao Blues enquanto gênero e sentimento.

Direção: Delson Antunes

Texto: Fernando Arrabal

Tradução: Wilson Coêlho

Ass. de direção: Andreia Burle e Victor Losso

Direção de movimentos: Sueli Guerra

Direção de Produção: Ana Bugarim e Rodrigo Candelot

Cenografia: José Dias

Figurino: Joana Buen

Iluminação: Fernanda Mantovani

Trilha sonora original: Pedro Veríssimo e Fernando Aranha

Direção audiovisual: Malu Schroeder e Ronaldo Soares

Elenco: Ana Bugarim, Andrea Couto, Andreia Burle, Daniela Reis, Eduardo Khenaifes, Emílio Farias, Fernanda Esteves, Igor Paiva, Leonardo Paixão, Luciana

Albertin Malta, Maria Smigay, Mitzi Evelyn e Rodrigo Candelot.

Apresentação: 14 de março – Terça-feira

Horário: 20h

Valor: R$ 20,00 inteira, R$10,00 meia

Classificação: 10 anos

Local: Teatro Municipal Café Pequeno

Endereço: Endereço: Av. Ataulfo de Paiva 269 – (21) 2294-4480

Funcionamento da Bilheteria: Terça a sábado de 16h às 21h e domingo de 14h às 20h.

Não possui estacionamento.

Capacidade: 80 Lugares

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here