Boletim médico de Follmann aponta melhora e quadro estável

O goleiro reserva da Chapecoense, Jackson Follmann, segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital San Vicente Fundacion de Rio Negro. Mas o último boletim médico do jogador trouxe boas notícias. O comunicado confirma a amputação da perna direita do atleta e o monitoramento do membro esquerdo, mas destaca a fase de estabilização.

“Assim como se comunicou ontem, a perna direita teve que ser amputada pela gravidade das lesões. O controle da perna esquerda, assim como o do paciente em geral, continua em evolução. Estamos atentos na fase de estabilização”, informou o comunicado.

“Todos nossos esforços no hospital continuam na procura da recuperação do paciente”, completou.

O goleiro foi o único sobrevivente do acidente com o voo da Chapecoense que foi levado ao Hospital San Vicente Fundacion.

Deixe uma resposta