Botafogo sai na frente, permite empate e ainda não garantiu Libertadores

Foto:Vitor Silva/SSPress/Botafogo.
Foto:Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

O Botafogo recebeu a Ponte Preta neste sábado (26), na despedida da Arena Botafogo. O Glorioso tinha o objetivo de vencer a partida para dar um primeiro passe em busca da classificação à Libertadores, tendo que contar também com um tropeço do Corinthians em casa, contra o Atlético-PR. Com desfalques, Jair Ventura optou por improvisar Victor Luis na lateral direita, além de voltar com Renan Fonseca à zaga. Apesar de ter saído na frente, o Botafogo permitiu o empate: 1 a 1.

A primeira chegada do jogo foi aos oito minutos, com a Ponte Preta. Ravanelli fez o cruzamento para a área, a bola passou por todo mundo e Sidão colocou pra fora. O Botafogo veio chegando aos poucos, mas quando foi mais efetivo, abriu o placar. Aos 16, o lateral foi cobrado na área, Lindoso chutou, a bola desviou em Sassá e foi para o gol. Botafogo 1 a 0.

Depois de marcar, o Glorioso seguiu em cima e melhor na partida, mas já não oferecia tanto perigo ao adversário. Aos 37, o atacante Clayson, da Ponte, fez uma bela jogada, mas errou na finalização e ficou pedindo escanteio. Na sequência, o jogador deu uma peitada no árbitro e acabou expulso. O primeiro tempo terminou em vantagem para o Botafogo.

Na volta para o segundo tempo os times voltaram sem alterações. Aos oito, Dudu Cearense teve a chance em bom chute de fora da área, mas mandou por cima. Aos 13, Rhayner conseguiu girar bem na área e finalizou, mas Sidão foi no alto para defender.

O Botafogo ia ao ataque e dava espaços a Ponte Preta. Aos 17, Camilo recebeu bom cruzamento de Dudu Cearense, mas na hora da finalização acabou furando. Aos 20, a macaca empatou. Após bola levantada na área, Matheus Jesus tentou o toque e a bola sobrou com William Pottker, que cabeceou para deixar tudo igual: 1 a 1.

Após o gol, Jair Ventura colocou a campo Rodrigo Pimpão e tirou Dudu Cearense. O time não deu a resposta esperada e não criava jogadas. Jair então mexeu no time e colocou Vinícius Tanque na vaga de Airton, além de Gervásio Nuñez no lugar de Neílton. Somente aos 39 o Fogão levou real perigo ao gol da Ponte quando Camilo pegou de fora da área, mas Aranha saltou para defender. Sem mais chances, o jogo ficou mesmo empatado.

Na próxima rodada o Botafogo vai enfrentar o Grêmio, no domingo (04), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, às 17hs. Já a Ponte Preta, no mesmo dia a horário, terá pela frente o Coritiba, no Moisés Lucarelli.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here