Briga em presídio paulista resulta em duas mortes

Dois homens foram mortos na Penitenciária de Regime Fechado em Tupi Paulista, no interior paulista, na noite de ontem (12). Um deles foi degolado, segundo informações da Delegacia Seccional da cidade de Dracena.

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou que houve uma briga em uma das celas, o que resultou nas mortes. “O Grupo de Intervenção Rápida (GIR) foi imediatamente acionado e efetuou a transferência dos presos que estavam na cela, isolando-os do restante da população prisional. O GIR, formado por agentes de segurança penitenciária, atua em situações de conflito auxiliando na segurança dos demais funcionários”, informou a secretaria.

Segundo ela, a polícia civil deu início à investigação do caso. Na delegacia, a informação é de que o delegado responsável está a caminho da penitenciária para fazer ouvir 34 detentos.

“A SAP, além de colaborar com a polícia, instaurou apuração para propor ao Judiciário a inclusão dos autores em Regime Disciplinar Diferenciado. A Assistência Social da unidade está tentando contato nesta manhã com os parentes dos reeducandos assassinados para informá-los e prestar toda a assistência necessária”, diz a nota.

Desde o começo de janeiro, as chacinas em presídios mataram cerca de 100 presos, 56 em Manaus e 33 em Roraima. As mortes têm relação com a facção criminosa Família do Norte, que disputa o controle do narcotráfico na região Norte do país, e o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here