Chanceler italiano condena ataque ‘perturbador’ na Síria

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Angelino Alfano, chamou de “perturbadora” a notícia de um suposto ataque químico na província de Idlib, no noroeste da Síria.
Segundo o chanceler, a comunidade internacional tem o “dever” de colocar fim “ao profundo sofrimento do povo sírio” e de restituir “paz, esperança e futuro” ao país.

“A Itália estará na primeira linha para pedir com força que sejam identificados os responsáveis por esse crime contra a humanidade”, acrescentou Alfano. Já o enviado especial da ONU para a Síria, o italiano Staffan de Mistura, confirmou que o ataque partira “do céu”, o que aumenta as suspeitas sobre o regime de Bashar al Assad, já que a área é dominada por rebeldes e tem sido alvo de operações do governo.
(ANSA) “Foi horrível, e nós estamos certos de que haverá uma reunião do Conselho de Segurança para uma clara identificação dos culpados”, disse.

ANSA

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*