Chefe da Mercedes faz discurso de fim de temporada e encerra atividades da equipe no ano

O ano de 2016 para a Mercedes foi praticamente perfeito e foi coroado com grandes conquistas. A equipe alemã conseguiu o título Mundial de Construtores com muita folga e viu seus dois pilotos (Nico Rosberg e Lewis Hamilton), brigarem pelo título até a última corrida, com o desfecho sendo positivo para Nico.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, fez um discurso para finalizar a temporada e avaliou todos os desafios que sua equipe enfrentou em 2016. Wolff lembrou que a filosofia é muito mais importante que qualquer pessoa.

“Ao passo em que avançamos, continuaremos sendo guiados pelos melhores interesses para a nossa equipe. A filosofia da equipe é maior que qualquer temporada ou qualquer pessoa”, disse.

“Construímos um grupo que é humilde na vitória e gentil na derrota, faminto por desafios e que lida com resiliência sob pressão, nunca está satisfeito com sua condição e sempre busca melhorar. Nossa equipe bateu recordes nos livros de história, perseguimos nossos objetivos com paixão e determinação e somos colocados à prova a cada momento por desafios inesperados”, concluiu.

Wolff ainda dedicou um espaço para falar sobre os seus pilotos da temporada e relembrou a surpreendente aposentadoria de Nico Rosberg, o grande campeão no ano.

“Nico foi coroado campeão e logo depois saiu de cena. Lewis Hamilton precisava de força para reagir à derrota com compostura e dignidade. Comemoramos nosso sucesso e aprendemos com nossos erros e, em todos os momentos, saímos mais fortes e mais capazes de enfrentar juntos o que virá pela frente”, concluiu.

A Mercedes ainda não definiu o seu substituto para a vaga de Rosberg, mas o anúncio oficial deve acontecer em janeiro. Valtteri Bottas é o favorito.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here