Chefe da Mercedes reconhece inferioridade de sua equipe na disputa direta com a Ferrari

A Mercedes reconheceu que já não é soberana na Fórmula 1. A nova vitória de Sebástian Vettel, da Ferrari, no Grande Prêmio de Monaco, deixou a situação ainda mais visível. Em seis corridas na atual temporada, a Ferrari venceu três, sendo todas com Vettel. A Mercedes também venceu três, duas com Hamilton e uma com Bottas.

“Gosto deste conceito de equipe inferior. Acho que temos sido desde que a temporada começou”, admitiu o Toto Wolff, chefe da Mercedes, durante entrevista coletiva em Mônaco no último domingo.

“Nunca tivemos os dois carros à frente durante um fim de semana. Bottas fez um bom trabalho em Sóchi, Hamilton respondeu em Barcelona, mas a inconsistência nos tem perseguido em toda a temporada. E a Ferrari é rápida em todas as condições. Essa é a nossa realidade”, disse o dirigente austríaco.

Com os 43 pontos somados pela Ferrari em Monaco, já que conseguiu uma dobradinha, a equipe italiana abriu para 17 pontos a vantagem no mundial de construtores. Agora são 196 pontos contra 179 da equipe rival.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*