Chefe da Red Bull se mostra pessimista e espera mais desafios com GPs do Canadá e Azerbaijão

Daniel Ricciardo até conquistou uma vaga no pódio no GP de Monaco, o que foi motivo de muita comemoração pela Red Bull, mas os festejos já ficaram para trás. Às vésperas do embarque para Montreal, visando a disputa do GP do Canadá, o chefão da equipe, Christian Horner, mostrou um discurso pessimista. Por conta das características das pistas nas três próximas etapas, Horner espera que sua equipe encontre problemas.

“Acho que estamos entendendo melhor o carro e desenvolvendo melhor o carro. Estamos obtendo mais resultado dele, e isso tem funcionado bem em determinados tipos de pista. Estou um pouco mais preocupado sobre as próximas provas, no Canadá e em Baku, porque são desafios completamente diferentes”, salientou o dirigente britânico em entrevista veiculada pelo site norte-americano ‘Motorsport.com’.

“Os três circuitos que vem são realmente difíceis para nós: Canadá, Baku e Áustria. Vão ser nosso maior desafio no calendário além de Monza”, comentou o chefe da Red Bull, que ainda mostra um pouco de otimismo quanto ao segundo semestre. “Mas acho que, se pudermos render bem nessas três pistas, a segunda metade da temporada pode ser bem melhor que a primeira para nós”, complementou.

A RBR já tem uma grande diferença com relação aos rivais na luta pelo título do Mundial de Construtores. Com 97 pontos, estão com 99 atrás da Ferrari, que lidera. Em segundo, a Mercedes tem 179.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*