Cinzas de Fidel passarão noite em Santa Clara, cidade de Che

A urna com os restos do ex-presidente e líder revolucionário cubano Fidel Castro, que faleceu na última sexta-feira (25), passará a noite desta quinta-feira (1º), no mausoléu que guarda os restos do médico e guerrilheiro argentino Che Guevara, na cidade de Santa Clara, no centro de Cuba.

De acordo com fontes locais, o cortejo fúnebre que conduz as cinzas do “comandante”, como era chamado Fidel pela população cubana, ao seu enterro, que acontecerá na cidade de Santiago de Cuba, já passou, nesta quinta, pela metade do seu trajeto de quase mil quilômetros pela ilha e parou nos municípios de Matanzas, Cienfuegos e Santic Spiritus.

Cienfuegos e Santic Spiritus, por exemplo, são cidades próximas de Santa Clara que foram visitadas por Fidel e pelo seu exército rebelde em janeiro de 1959 enquanto eles iam para Havana na famosa “Caravana da Liberdade”, percurso feito pelo ex-presidente depois de ter ganho a guerra contra Fulgencio Batista, ditador cubano que foi derrubado pela Revolução Cubana.

O cortejo da urna de Fidel refaz, após 57 anos, os passos dessa caravana. “As pessoas esperaram o cortejo de maneira muito organizada. As crianças com seus uniformes escolares, idosos, jovens: todos estavam nas ruas”, disse um cubano à Ansa no vilarejo de Esperanza, na província de Vila Clara. Além disso, em outras cidades pelas quais o cortejo passou, muitas comemorações foram feitas pelos seus habitantes entre gritos de “eu sou Fidel”.

O mausoléu de Che, que foi assassinado na Bolívia em outubro de 1967 ao ser detido pelo exército do país enquanto liderava um grupo de guerrilheiros, é um complexo que reúne os restos mortais do revolucionário e de seus companheiros de luta. O cortejo ainda passará por outras localidades importantes da ilha após Santa Clara e chegará em Santiago de Cuba no próximo domingo (4), local e data do enterro de Fidel, que será acompanhado por milhares de cubanos e por chefes de Estado e delegações de vários países.

Ansa

Deixe uma resposta