Clube chinês pode notificar o Barcelona na Fifa por conta do assédio ao volante Paulinho

O Guangzhou Evergrande (CHN) analisa a possibilidade de notificar o Barcelona junto a Fifa, entidade máxima do futebol. Os chineses estão incomodados com as tentativas do clube catalão em tirar o volante Paulinho do futebol asiático. Nas últimas semanas, os dirigentes do clube da China se mostraram irritados com as tentativas dos espanhois.

Como em muitas oportunidades o Barcelona não tratou com o Guangzhou e sim diretamente com o jogador brasileiro para tentar fechar a negociação, os chineses estão cogitando a possibilidade de acionar a Fifa pelo assédio ao volante. O contrato de Paulinho tem duração até dezembro de 2020.

Nos últimos dias foram duas ofertas do Barcelona recusadas pelo clube chinês. A primeira foi de 20 milhões de euros e outra de 27 milhões de euros. A única resposta dos chineses até agora foi a de que Paulinho não está a venda.

Ao que tudo indica, o Barcelona terá que pagar a multa rescisória para tirar Paulinho do Guangzhou. O valor é de 40 milhões de euros.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here