Com 2 arenas, Moscou será a grande protagonista da Copa

A capital da Rússia receberá a abertura e a final do torneio

A capital da Rússia, Moscou, será o coração da Copa do Mundo de 2018, já que a cidade receberá a cerimônia de abertura e a grande final da competição.

Moscou é a maior cidade da Rússia e, com cerca de 12 milhões de habitantes, é também uma das mais populosas do mundo.

Entre seus principais pontos turísticos estão o Kremlin, centro do poder da Rússia, e a famosa Praça Vermelha, um dos lugares mais emblemáticos do mundo, visitado todos os anos por milhões de turistas.

Apesar das tensões internacionais, Moscou vem surpreendendo e está cada vez mais ganhando espaço entre as principais cidades do mundo, ao lado de Nova York, Paris, Londres e Tóquio.

No centro, graças a um programa de requalificação urbana, Moscou investiu pesado para melhorar suas ruas, calçadas e parques, tornando-os mais modernos para receber os turistas durante a Copa.

Os famosos parques Gorky e Sokolniki são grandes florestas no meio da cidade onde, no inverno, é possível patinar e, no verão, acontecem shows e filmes ao ar livre. Os bares e restaurantes situados nas proximidades deles também fazem muito sucesso.

A locomoção pela cidade também é fácil e barata, já que a passagem de metrô custa menos de um euro.

Destinos culturais são outro destaque em Moscou, como os museus Pushkin e Tretyakov, além dos teatros Bolshoi e Gogol Center.

Com capacidade para mais de 80 mil pessoas, o Estádio Luzhniki será o grande palco da Copa do Mundo. Além da final e do jogo de abertura, a arena também receberá três jogos da fase de grupos, um confronto das oitavas e uma das partidas das semifinais.

Moscou, aliás, é a única cidade com dois estádios na Copa. A arena do Spartak receberá quatro jogos da fase de grupos, incluindo Brasil e Sérvia, e um das oitavas.

(ANSA)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here