Com Marcão no comando, Flu deve mudar sistema de jogo

Depois de confirmada a demissão do técnico Levir Culpi após uma sequência de seis jogos sem conseguir vencer, tendo somado apenas dois pontos nos dezoito disputados, a diretoria do Fluminense resolveu apostar numa solução caseira e confirmou que Marcão vai comandar a equipe nos quatro jogos que restam até o final do Campeonato Brasileiro. Ao comentar a saída de Levir, o presidente Peter Siemsen afirmou que foi uma decisão difícil de ser tomada pela amizade que tem com o treinador.

“Foi com muita dor. É uma pessoa que criei amizade, que aprendi a admirar. Futebol é duro. Não adianta chegar ao Rio e trabalhar na mesma linha, com enorme pressão. Temos de dar chance a uma mudança caseira, a um ídolo. É um sujeito apaixonado pelo clube, forte de vestiário. Vai trazer uma pessoa de auxiliar que estuda os adversários e a nossa forma de jogar. Vamos fazer de tudo para chegar na última rodada com chances e classificar para a Libertadores”, disse Peter Siemsen.

O presidente do Fluminense aproveitou também para dar pitacos no esquema tático do tricolor. De acordo com o que falou Peter, o time poderá mudar o seu esquema do jogo para a sequência do Brasileirão.

“Vamos trabalhar esses quase dez dias de forma a melhorar o psicológico, o físico, estudar a forma de jogo. O Fluminense precisa de um bloqueio melhor na intermediária, ter o controle do jogo. Quando a gente abre mão dos três volantes ou de atacantes que marcam a saída de bola sofremos. Temos de pensar muito nesse formato de jogo, pois com três volantes no time a estatística tem sido extremamente positiva”, destacou Peter.

O próximo jogo do Fluminense será no dia 15 de novembro, às 17hs, contra o Atlético-PR, no Maracanã. O jogo é um confronto direto na busca por uma vaga entre os seis primeiros colocados da competição. Após o Furacão, o tricolor enfrenta: Ponte Preta (f), Figueirense (f) e Internacional (c). Para não depender de nenhum outro resultado, seria ideal o Flu vencer todos os jogos que restam para se garantir na Libertadores.

Deixe uma resposta