Com paralisação de rodoviários, metrô do DF altera horário de funcionamento | Agência Brasil

A paralisação-surpresa dos rodoviários surpreendeu os usuários de ônibus hoje (28) em todo o Distrito Federal (DF). Com a paralisação das empresas São José, Urbi, Marechal, Piracicabana e Pioneira, cerca de 600 mil pessoas, segundo o DFTrans, ficaram sem transporte na capital. A opção foi o metrô, que ampliou o horário de funcionamento com mais trens rodando.

Segundo o Metrô-DF, o horário de pico (quando circulam mais trens nas estações) foi ampliado em meia hora no período da manhã e meia hora no final do dia. Normalmente, o período com mais trens vai das 6h às 8h45, e das 16h45 às 19h30. Com a modificação, o período foi ampliado das 6h até as 9h15, e das 16h45 às 20h.

Ainda de acordo com o Metro-DF, as estações terminais de Samambaia e Ceilândia foram as que tiveram maior movimentação acima do normal. Diariamente, o Metro utiliza 24 trens para atender a demanda de passageiros, mas poderá utilizar até 26 carros dependendo da demanda. Diariamente, cerca de 160 mil pessoas utilizam o metrô no Distrito Federal.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*