Com vaga na Libertadores ameaçada, Jair diz não prometeu classificação

A derrota para o Palmeiras por 1 a 0 pode ser até considerado um resultado normal, mas significou para o Botafogo a sequência de uma fase ruim, a pior desde que Jair Ventura assumiu o comando. O time chegou ao quarto jogo sem vencer e sem ter marcado gols, assim viu o Atlético-PR passar na classificação, além de ter a sua vantagem diminuída em relação aos times que estão atrás.

Ao ser perguntado sobre a ameaça de não disputar a Libertadores no próximo ano, o técnico Jair Ventura relembrou que nunca adotou o discurso de participar do torneio. O treinador avaliou que o objetivo era livrar a equipe do rebaixamento, mas admitiu que a fase preocupa. 

“Em nenhum momento eu falei em Libertadores. Iria ficar um gosto amargo se a gente fosse rebaixado. Assumi o time na zona de rebaixamento. Meu primeiro objetivo era fazer os 46 pontos e nunca falei nada de diferente para vocês. Agora preocupa a situação de estar há quatro jogos sem fazer gols e sem vencer”, destacou Jair Ventura.

O Botafogo volta a campo no sábado (26), quando recebe a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 37ª rodada. O objetivo é conseguir a vitória para se manter entre os seis primeiros colocados da competição. Os zagueiros Emerson Silva e Joel Carli estão suspensos e não atuam, além deles, Fernandes e Leandrinho também serão desfalques. O lateral direito Alemão deixou o jogo com o Palmeiras após receber uma pancada no tornozelo e será reavaliado.

Deixe uma resposta