Comlurb recolhe mais de 100 toneladas de lixo nos primeiros dias de Rock in Rio

Foto: Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio divulgou, nesta segunda-feira (18/09), um balanço da atuação dos órgãos municipais nos três primeiros dias do Rock in Rio. Coordenada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), as ações de fiscalização e ordenamento totalizou 470 multas por infrações de trânsito, 256 veículos rebocados por estacionamento irregular e 7.530 itens apreendidos com ambulantes irregulares.

Esse trabalho contou com ações da Guarda Municipal (GM-Rio) e da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer) – ambas vinculadas à Seop -, além da Coordenadoria de Gestão do Espaço Urbano (Cgeu) da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF). Já a Comlurb, com uma metodologia de limpeza 100% sustentável, recolheu 177 toneladas de resíduos nesses dias, com atuações nas áreas interna e externa.

Neste domingo (17), a GM-Rio aplicou 120 multas por infrações de trânsito. Além disso, 102 veículos foram rebocados pela Cfer e 795 produtos foram apreendidos. No sábado (16), guardas municipais do Grupamento de Operações Especiais (GOE) prenderam em flagrante um homem acusado de furtar 28 telefones celulares no entorno da estação Centro Olímpico do BRT. A prisão aconteceu após denúncia de uma cidadã. O acusado foi levado para a 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes).

Ainda no sábado, foram realizadas a apreensão de 2.957 produtos que estavam sendo comercializados por ambulantes sem autorização. Os agentes também aplicaram 183 multas por diversas infrações de trânsito, além de remover 93 veículos flagrados estacionados irregularmente.

No primeiro dia do Rock in Rio, na sexta-feira (15), foram apreendidos 15, 3.776 itens com ambulantes irregulares no entorno da Cidade do Rock. As apreensões foram realizadas por fiscais da Cgeu e por guardas municipais. Durante as ações de ordenamento do trânsito, 167 multas foram aplicadas para diversos flagrantes de infrações. A Cfer removeu 61 veículos que estavam estacionados irregularmente. A GM-Rio apreendeu, ainda 76 copos com a logomarca do evento comercializados ilegalmente por um ambulante na Avenida Salvador Allende, na altura do BRT. O material foi encaminhado para a 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes).

A operação integrada entre os órgãos da Prefeitura do Rio teve início às 7h do dia 15 e será mantida em todos os dias de festival, com emprego diário de 510 guardas, sendo 230 no ordenamento urbano e 280 no controle do trânsito da região, e 15 reboques da Cfer. Desde sábado, a GM-Rio reforçou a fiscalização no entorno das estações do BRT para coibir a atuação de ambulantes, que estão prejudicando a mobilidade das pessoas. No trânsito, os guardas atuaram distribuídos pelos 44 pontos de bloqueio definidos pela CET-Rio, implantados a partir das 11h. Além de controlar as interdições ao tráfego e coibir irregularidades de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, os agentes também atuaram na orientação da travessia de pedestres para evitar acidentes.  

Se você teve o seu carro rebocado no Rock in Rio, é preciso acessar a página da Prefeitura do Rio e imprimir a Guia de Pagamento e de Remoção (GPR). Aqueles que não tiverem acesso à uma impressora, podem obter a GPR no próprio depósito municipal, que fica Avenida Pedro II, número 67 (esquina com a Avenida Francisco Bicalho), próximo à Leopoldina. O boleto deve ser pago direto no banco ou caixa eletrônico. Para a retirada dos veículos apreendidos, devem ser apresentados os comprovantes de pagamento da diária e da taxa de remoção, além da quitação de todas as multas vencidas e débitos pendentes. O depósito funciona todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h.

A operação de limpeza funcionou antes, durante e após o evento. Após o encerramento dos shows, a limpeza começou às 6h e antes das 12h já tinha sido encerrada. As equipes atuaram com eficiência e agilidade. O trabalho realizado ao longo da noite e madrugada preparou todas as áreas para a limpeza final da manhã, deixando tudo limpo antes da abertura dos portões.

Os garis atuaram na parte interna, se revezando em três turnos, com apoio de diversos veículos, como caminhões coletores, mini ônibus, mini basculante, caminhões-pipa, caminhões varredeiras, vans lava-jato, além de sopradores. Contêineres para resíduos recicláveis e orgânicos foram distribuídos em todo o parque para que o lixo fosse descartado de forma correta. As equipes da Comlurb foram treinadas para atuar no gramado, banheiros, praças de alimentação, área VIP e backstage.

A Comlurb recolheu 177 toneladas de resíduos no três dias de evento. Esses resíduos tiveram destinos diferentes: 33,5 toneladas de recicláveis foram entregues às cooperativas de catadores; e 143,5 toneladas de resíduos foram encaminhadas à Estação de Transferência do Caju para serem segregadas. Os orgânicos serão utilizados na produção de composto e os rejeitos transportados para a Usina Verde, onde serão transformados em energia.

A área externa do Rock in Rio também contou com grande esquema de limpeza e recolheu 39,3 toneladas de resíduos. A operação contou com 120 garis, divididos em três turnos, com apoio de sopradores, caminhões coletores, basculantes, varredeiras mecânicas e carros pipas. Para que o lixo fosse descartado de forma correta pelo público, dezenas de contêineres estavam posicionados nas proximidades do Parque Olímpico e nos acessos. 

Os agentes de fiscalização do Programa Lixo Zero atuaram no entorno do Parque Olímpico com apoio de guarda municipais e multaram 106 pessoas, sendo 85 por descarte irregular de lixo e 21 por urinarem nas vias públicas. Todas as operações são supervisionadas por coordenadores do programa. 

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*