Conmebol abre processo contra o Nacional (URU) após torcedores zombarem da queda de avião da Chapecoense

A Conmebol resolveu agir e abriu um processo disciplinar contra o Nacional (URU). Alguns torcedores do time uruguaio fizeram gestos ofensivos lembrando a queda do avião da Chapecoense, em novembro de 2016. O fato ocorreu no jogo entre as equipes, na Arena Condá, válida pela fase preliminar da Libertadores.

De acordo com o comunicado da entidade, o processo se baseia nos comportamentos “ofensivos contra a dignidade humana”. O Nacional (URU) tem até o dia 8 para formular alegações por escrito ou propor provas para a sua defesa.

Na última quinta-feira alguns dirigentes do Nacional (URU) expressaram um “profundo sentimento de vergonha” perante a Chapecoense pelos gestos de torcedores sobre a tragédia aérea e anunciaram que foi aberta uma investigação para impor “as mais severas sanções” aos responsáveis.

No jogo em questão, o Nacional venceu a Chapecoense por 1 a 0 e o jogo da volta será no próximo dia 7, em Montevidéu.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*