Conmebol abre processo por escalação irregular de jogador da Chapecoense na Libertadores

A Conmebol abriu um processo contra a Chapecoense e vai apurar uma possível escalação irregular do zagueiro Luiz Otávio na partida diante do Lanús (ARG), na última quarta-feira, pela Libertadores. Assim, o clube catarinense terá até a próxima segunda-feira (22) para apresentar a sua defesa.

A entidade que administra o futebol da América do Sul vai decidir se aplica ou não uma punição no time brasileiro. A decisão precisa ser apresentada até a próxima terça-feira (23), quando a Chape vai atuar diante do Zulia, pela última rodada da fase de grupos.

O problema de Luiz Otávio começou contra o Nacional (URU), quando ele foi expulso. Para a Chapecoense, a suspensão do atleta valia por apenas um jogo, o que foi cumprido na Recopa, competição também organizada pela Conmebol. Inclusive a própria entidade recomendou a não escalação do jogador na decisão da Recopa.

No entanto, poucos minutos antes de a bola rolar diante do Lanús (ARG), na rodada passada da Libertadores, a Chape recebeu a informação de que o atleta teria sido julgado pela expulsão e punido com três partidas, além de uma multa de US$ 3 mil dólares (R$ 9,4 mil).

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*