Corpos de voo que caiu no Egito tinham rastros de explosivos

Autoridades egípcias anunciaram nesta quinta-feira (15) que foram encontrados vestígios de explosivos nos corpos dos passageiros do avião da companhia aérea Egyptair que caiu em maio deste ano. Segundo nota da comissão que investiga as causas da tragédia, o relatório dos legistas indica que “foram encontrados rastros de material explosivo em alguns restos mortais das vítimas”.

O aeronave, modelo Airbus A320, fazia a rota entre Paris e Cairo e desapareceu dos radares no dia 19 de maio, com 66 pessoas a bordo, sendo 56 passageiros, sete tripulantes e três agentes de segurança da Egyptair.

De acordo com a comissão de inquérito egípcia, em julho foi descoberto que, durante o voo, a palavra “fogo” foi pronunciada pelos pilotos. Segundo as investigações, minutos antes da queda do avião, foram emitidos dois alertas automáticos, assinalando que havia fumaça na cabine dos pilotos. Os destroços do voo MS804 foram encontrados no Mar Mediterrâneo, perto da Grécia. As autoridades investigam se foi um acidente ou um ato terrorista.

ANSA

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here