Cruz Vermelha colombiana confirma o falecimento do goleiro Danilo

Confirmado inicialmente como um dos sobreviventes ao acidente que vitimou grande parte do elenco da Chapecoense que tinha como destino a cidade de Medellín, na Colômbia, o goleiro Danilo entrou na lista das vítimas. Herói da classificação com uma defesa no último lance na semifinal diante do San Lorenzo, o camisa 1 do time catarinense não resistiu aos múltiplos ferimentos e teve seu falecimento confirmado pela cruz vermelha da Colômbia.

Até o momento, além de um repórter e dois tripulantes, três jogadores da Chapecoense estão vivos. O goleiro reserva Follman, o lateral Alan Ruschel e o zagueiro Neto. Ruschel, inclusive, foi tranferido para um hospital com maior capacidade na Colômbia pois vai precisar passar por uma cirurgia. O jogador tem uma séria lesão na região lombar.

Deixe uma resposta