Delfim Peixoto, vice-presidente da CBF, estava no voo da Chapecoense

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), confirmou que um de seus vice-presidentes, Delfim Peixoto, que também é presidente da Federação Catarinense de Futebol, estava no voo da Chapecoense com destino a Medellín, na Colômbia. O nome do dirigente constava na lista de passageiros como um dos convidados do clube.

Secretário-geral da confederação, Walter Feldman disse que está em contato com o governo brasileiro para conseguir um voo de emergência para a Colômbia, além de confirmar a presença de Delfim Peixoto.

“A maior tragédia que o futebol brasileiro poderia ter. Não temos palavras para descrever o tamanho da tristeza que estamos sentindo. Falamos com a diretoria da federação. Nos confirmaram que o Delfim embarcou”, disse em contato com a Folha de São Paulo.

Até o momento, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, ainda não se manifestou sobre o ocorrido oficialmente.

Deixe uma resposta