Diretor da Williams fala sobre “enorme pressão” sofrida por Stroll em sua primeira temporada na F1

O jovem canadense Lance Stroll tem tido muita dificuldade para se adaptar à Fórmula 1 e sofre constante pressão em sua primeira temporada na principal categoria do automobilismo. Apesar de ter sido campeão da F3 Europeia, Stroll é marcado como piloto pagante, já que é bancado pelo seu pai Lawrence Stroll, bilionário do mundo da moda.

Nas cinco corridas que disputou, Stroll abandonou as três primeiras (Austrália, China e Bahrein), além disso foi apenas o 11º na Rússia e o último a completar o GP da Espanha. Diretor geral da Williams, Paddy Lowe entende que o canadense sofre com uma “enorme pressão”.

“Uma das maiores dificuldades para Lance é a enorme pressão que está em cima dele. É um piloto que gera muita expectativa, não só das pessoas que o cercam, mas do panorama como um todo”, declarou o engenheiro em entrevista ao site da emissora ESPN.

“Há um foco sobre ele, sobre como ele chegou aqui e se ele realmente merece uma vaga”, ressaltou o dirigente, ciente do quão contestado Stroll vem sendo neste começo de temporada.

Até o momento a Williams tem 18 pontos conquistados no Mundial, sendo todos com Felipe Massa. Aliás, o brasileiro também já ofereceu ajuda para melhorar o desempenho do jovem Stroll.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*