Eliminação na Copa da Argentina deixa Boca fora da Libertadores e aumenta pressão sobre Tévez

Mesmo com a Argentina tendo uma vaga a mais na próxima edição da Taça Libertadores, o Boca Júniors está fora da competição. Um dos times mais tradicionais do país, o clube acabou sendo derrotado por 2 a 1 para o Rosário Central e perdeu a sua última chance de classificação para a competição continental.

A eliminação também contou para aumentar a pressão sobre Carlitos Tévez, que foi bastante questionado por sua atuação. Desde julho, quando o time foi eliminado da Libertadores, o jogador vem sendo alvo de críticas dos principais veículos de imprensa da Argentina. O Diário Olé, fez a sua avaliação sobre a atuação do jogador.

“Carlitos ficou em dívida. Na realidade, todo Boca se foi decepcionado pela eliminação, mas está claro que a referência, o jogador diferente da equipe, como Tevez, assume maiores responsabilidade. E o 10 do Boca esteve longe de sua melhor versão”, escreve o Olé.

O futebol argentino tem direito a seis vaga para a Libertadores de 2017, sendo que cinco são conquistadas pelo campeonato nacional e uma vai para o campeão da Copa. No Campeonato Argentino, Lanús, San Lorenzo, Estudiantes, Godoy Cruz e Atlético Tucumán, já se garantiram no torneio continental. A última vaga, que vem da Copa, ainda será definida já que o torneio está na semifinal.

Deixe uma resposta