Estado Islâmico assume autoria de ataque contra mesquita xiita no Afeganistão

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu nesta quarta-feira (2) a autoria de um ataque suicida cometido ontem contra uma mesquita da minoria xiita da cidade da Herat, no Oeste do Afeganistão, que causou, segundo a organização, 50 mortes. A informação é da Agência EFE.

Em um comunicado divulgado pela rede de mensagens Telegram, e cuja autenticidade não pôde ser verificada, o grupo terrorista assegurou que dois suicidas, identificados como Omair Asemk e Tayeb al Jarasani, atacaram ontem à noite os “apóstatas e politeístas” na área de Bakr Abad, na cidade da Herat.

Nesse ataque, ainda de acordo com o grupo, os jihadistas assassinaram 50 pessoas e deixaram outras 80 feridas.

No entanto, o porta-voz da Direção de Saúde Pública da província da Herat, Rafiq Shirzai, disse ontem à Agência EFE que 29 pessoas morreram e 63 feridos foram transferidos a vários hospitais.

Os dois autores do atentado usavam coletes com explosivos, metralhadoras e granadas de mão, detalhou o grupo no texto. A explosão ocorreu por volta de 20h (horário local, 12h30 de Brasília) em uma mesquita pertencente à comunidade xiita, quando dezenas de pessoas estavam rezando. Os atentados contra esta minoria religiosa são comuns no país asiático.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here