Ex-presidente da FIA diz que atitude de Vettel foi “intolerável” e teria recomendado desclassificação do alemão

Max Mosley, ex-presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), classificou a ação de Sebástian Vettel, no GP do Azerbaijão, como intolerável. Na visão do ex-dirigente, a atitude do alemão foi proposital e, se ele ainda comandasse a a federação, optaria pela desclassificação.

“Certamente não vou fazer amigos na Ferrari, mas um fato é um fato”, disse Mosley em entrevista à emissora inglesa Sky. “Minha recomendação teria sido tirar Vettel da corrida e levar a questão toda para o Conselho Mundial negociar”, seguiu.

“Do meu ponto de vista, é intolerável que alguém se comporte da maneira que Vettel fez”, disparou. “Se eu fizesse isso no trânsito, perderia minha licença”, comparou.

Vettel foi punido com 10 segundos no pit stop e, apesar da punição, terminou o GP do Azerbaijão na quarta colocação, à frente de Hamilton, que teve de fazer um pit-stop extra por conta de uma falha na fixação de seu encosto de cabeça.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here