Exposição: “Otto Stupakoff: beleza e inquietude”

Foto: Otto Stupakoff - 'Pirineus'

Considerado o pioneiro da fotografia de moda no Brasil, o paulistano Otto Stupakoff (1935-2009) ganha uma retrospectiva de sua obra, “Otto Stupakoff: beleza e inquietude”, a partir de hoje, no Instituto Moreira Salles.

— Sua obra se associa àquilo que o escritor Umberto Eco, em seu livro “História da beleza” (2004), definiu como a beleza inquieta do Renascimento, em que forma, proporção e equilíbrio convivem com o estranhamento e a inquietação — afirma Sergio Burgi, curador da mostra ao lado de Bob Wolfenson.

Para abarcar toda a sua produção, a exposição se divide em quatro grandes temas: seus anos de formação e primeiros trabalhos nos anos 1950; os anos de 1960 a 1970 e sua colaboração com as principais revistas de moda do mundo, como a “Harper’s Bazaar” e a “Vogue” francesa, além de retratos de personalidades como Jack Nicholson, Sharon Tate (foto ao lado, na “Harper’s Bazaar”, em 1971) e Truman Capote; sua série de nus; e uma sala especialmente dedicada a seus registros pessoais, da família e em viagens que fez. O movimento do “realismo mágico”, com toda a sua criatividade e contestação, comandado, entre outros, por ele e pelo também paulista Wesley Duke Lee, mereceu um espaço especial.

Serviço:

Instituto Moreira Salles – Sala 1 – Rua Marquês de São Vicente  476 – Gávea

Temporada: De 14 dez 2016 até 30 abr 2017
Horário: dom, ter, qua, qui, sex e sáb 11h até 20h
Grátis

Classificação: Livre

Informação: (21)3284.7400

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here