“Filhote de Cruz Credo – A triste história alegre de meus apelidos”no Teatro Ipanema

Foto divulgação

Com seis indicações para o Prêmio CBTIJ 2016, o espetáculo infanto-juvenil “Filhote de Cruz Credo – A triste história alegre de meus apelidos” reestréia no Teatro Ipanema. Ambientado na década de 1970, conta a história de bullying sofrido por Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário. Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando aprende a ter senso de humor e a brincar consigo mesmo, tornando-se querido por todos.

O espetáculo contém como trilha sonora uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos, cantada ao vivo pelo elenco; Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero. Direção Isaac Bernat.

Ficha técnica
Autor | Fabrício Carpinejar
Idealização e Adaptação | Eduardo KatzDireção | Isaac Bernat
Assistente de direção | Kika Werner
Elenco | Eduardo Katz, João Lucas Romero e Priscila Assum
Direção musical | Charles KahnDireção de movimento | Michel Robim
Caracterização | Mona Magalhães Iluminação | Aurélio de SimoniFigurino | Desirée Bastos
Cenografia | Doris Rollemberg
Primeira adaptação | Bob Bahlis Produção | MS, Arte e Cultura

Serviço
Temporada: Até 02 de abril
Teatro Ipanema – Rua Prudente de Moraes, 824 | Tel: 2267-3750
Sábados e Domingos às 16h
Classificação etária: Livre
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here