Fiscalização aumenta no final do ano em estradas e aeroportos do país

Com o objetivo de prevenir acidentes e diminuir a violência no trânsito nas rodovias federais durante o período de fim de ano, férias escolares e Carnaval, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou na última sexta-feira (16) a Operação Integrada Rodovida Cidades 2016/2017. A operação ocorre em todo o país entre dezembro e março.

A fiscalização será maior nos pontos críticos que mostram das estradas que, segundo a PRF, mostram maior necessidade de reforço. Esta é a principal ação de enfrentamento à violência no trânsito no país e reúne, desde 2011, as três instâncias de governo em ações simultâneas com objetivo de reduzir o número de vítimas de acidentes.

A Polícia Rodoviária conta com apoio de órgãos vinculados aos Ministérios das Cidades, Saúde e Transportes. Nos estados, ações integradas com órgãos estaduais e municipais serão desencadeadas durante toda a operação.

A prioridade é o combate às infrações de trânsito que mais multam e causam acidentes, como o excesso de velocidade, embriaguez ao volante e ultrapassagens proibidas. Além dessas infrações, o uso correto de equipamentos como cinto de segurança, cadeirinhas para crianças e capacetes também é alvo da fiscalização.

Além da fiscalização intensificada, serão realizadas atividades de educação para um trânsito mais seguro.

Aeroporto

Em Brasília, a Inframerica, e administradora do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, estima um aumento no fluxo de passageiros para o final do ano. A empresa calcula que aproximadamente 1,5 milhão de usuários vão passar pelo local em dezembro. Durante todo o mês, estão previstos 190 voos extras e um total de 11.186 pousos e decolagens.

A expectativa é de que os dias 22 e 23 e 29 e 30 de dezembro, véspera de Natal e Ano Novo, respectivamente, sejam os mais movimentados. A Inframerica calcula para as datas um fluxo diário de 55 mil passageiros.

A operação visa garantir a segurança de passageiros e funcionários. Para a época de alta temporada, o aeroporto contará com reforço nas equipes de atendimento ao cliente, operações e segurança.

A recomendação do aeroporto é que os passageiros com, pelo menos, 1h30 de antecedência para voos nacionais e 2h para internacionais. Além disso, ainda na fila de raio-X, o passageiro deve retirar antes todos os objetos metálicos que estiver carregando – cintos, relógios, chaves, moedas e celulares. Assim, o viajante agiliza o processo nos canais de inspeção. Equipamentos eletrônicos também devem ser retirados de malas e mochilas e depositados nas caixas plásticas.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*