Fla quer quebrar jejum no Maracanã por “melhora financeira”

Sem mais chances de conquistar o título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo traçou um objetivo para a reta final da competição: terminar na segunda colocação. Apesar de aparentemente não haver muita diferença entre o segundo e o terceiro, já que ambos garantem vaga diretamente na fase de grupos da Libertadores, o rubro-negro está de olho na premiação financeira da CBF. 

A entidade que regulamenta o futebol brasileiro já havia definido antecipadamente quanto cada clube ganharia de acordo com a sua posição final no Brasileirão. Desta forma, o vice-campeão vai receber R$10,7 milhões, enquanto o terceiro colocado será premiado com R$7,3 milhões.

“A gente sabe da importância para o clube. Financeiramente vai ajudar bastante. A gente sabe de tudo que pode ser feito para ajudar a todos e terminar um ano bom”, avaliou o goleiro Alex Muralha.

O trunfo do Flamengo para terminar na segunda colocação é o confronto direto que tem com o Santos, que atualmente está na vice-liderança. A desvantagem para o time paulista é de apenas um ponto, desta forma, uma simples vitória já fará com que o rubro-negro assuma o segundo lugar na classificação.

Mas para derrotar o Santos, o Flamengo vai precisar quebrar um recente jejum que vive no Maracanã. Neste ano foram apenas três jogos até aqui, mas com três empates ao todo. A última vez em que o Flamengo venceu uma partida oficial no estádio foi em 8 de novembro do ano passado, quando goleou o Goiás por 4 a 1, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

“Não vou saber falar porque não conseguimos ganhar no Maracanã. Foram jogos difíceis. Demos nosso melhor, batalhamos. Mas temos a oportunidade de jogar um último jogo no Maracanã e vamos buscar essa vitória, importante para nós e para a torcida”, disse Muralha.

O Flamengo encara o Santos no domingo (27), às 17hs, no Maracanã, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*