Flamengo bate o América-MG e volta a segunda posição

Se segurando nas última esperanças de se manter na luta pelo título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo encarou o América-MG nesta quarta-feira (16), no Mineirão, pela 35ª rodada da competição. O adversário buscava os pontos para pelo menos continuar com as suas chances remotas de se manter na primeira divisão. Com gol de Éverton, o rubro-negro venceu a partida, voltou ao segundo lugar e rebaixou o América-MG.

O primeiro lance de perigo do jogo foi do América-MG aos nove minutos. Jonas cobrou falta e acertou a trave direita de Paulo Victor, no rebote Nixon tentou, mas jogou pra fora. Aos 18 outra chance para a equipe mineira, desta vez a bola foi para o alto e sobrou com Michael, o atacante tentou o giro, mas errou a conclusão.

A primeira boa chegada do Flamengo só foi aos 27 minutos. O lateral esquerdo Jorge recebeu na intermediária e resolveu arriscar o chute, mas mandou pra fora. Na segunda vez que chegou, o Fla fez o gol. Jorge ganhou a jogada pela esquerda, passou pela marcação e cruzou, Éverton cabeceou fraquinho, mas a bola desviou em Jonas e entrou: Flamengo 1 a 0.

O rubro-negro ainda teve duas chances no primeiro tempo. Em uma das oportunidades, Fernandinho chegou pela esquerda e bateu cruzado, mas Willian Arão não alcançou. No outro lance de perigo, Diego bateu de fora da área e jogou sobre o gol.

Na volta para o segundo tempo o América-MG voltou com mexida: Sávio no lugar de Nixon. Aos cinco minutos, Michael arriscou de fora da área, mas parou em Paulo Victor. Zé Ricardo mexeu no time e colocou Gabriel em campo no lugar de Éverton. Pelo América-MG, Nilson substituiu Danilo Barcelos.

Aos 27 o meia Gabriel arriscou um chute forte de perna esquerda de fora da área e mandou a direita do goleiro João Ricardo. Aos 31, Juan teve a chance em cabeçada após cobrança de escanteio, mas parou em fácil defesa do goleiro do time mineiro. Zé Ricardo mexeu mais uma vez e mandou a campo Thiago Santos no lugar de Fernandinho.

Aos 36, Nilson desceu bem pela direita e cruzou, Michael cabeceou com perfeição, mas Paulo Victor fez uma defesaça para salvar o Fla. Aos 44, Thiago Santos dominou e serviu para Jorge, o lateral esquerdo bateu, mas João Ricardo defendeu. O colombiano Cuellar ainda foi a campo no lugar de Diego na última mexida do rubro-negro.

Com o resultado, o Flamengo chegou a 66 pontos e voltou a segunda colocação, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Santos, que encara o Vitória nesta quinta-feira (17), na Vila Belmiro. Já o América-MG permaneceu com 27 e está matematicamente rebaixado à Série B do Brasileirão.

Deixe uma resposta