Fluminense vence o Fla nos pênaltis e leva a Taça Guanabara

Foto: Nelson Perez / Fluminense FC
Foto: Nelson Perez / Fluminense FC

Fluminense e Flamengo decidiram a Taça Guanabara neste domingo (05), no Nilton Santos. Os treinadores apostaram em suas equipes principais para o compromisso, mas o Flu não pode contar com Gustavo Scarpa, suspenso.

Logo no começo do jogo o Fluminense saiu em vantagem. O Fla tinha falta no comando de ataque, mas a cobrança acabou saindo errado, Trauco tentou finalizar e a bola pegou em Wellington. Do sistema defensivo ao ataque, o jogador do Flu correu 74 metros e abriu o placar: Flu 1 a 0.

Não demorou e o Fla conseguiu o empate. Após cobrança de falta para a área, Julio Cesar saiu mal, Guerrero cabeceou, Vaz tentou marcar, Henrique Dourado cortou, mas a bola caiu para Willian Arão finalizar e deixar tudo igual: 1 a 1.

Depois do empate, o rubro-negro seguiu pressionando o adversário e alcançou a virada. Pará fez uma boa jogada pela direita, Guerrero cabeceou livre, Julio Cesar defendeu, mas Éverton, no rebote, garantiu o 2 a 1 para o Fla.

O tricolor, que pouco atacante, conseguiu ainda o empate no primeiro tempo. Após cobrança de escanteio e desvio na primeira trave, Guerrero cortou com o braço, pênalti. Henrique Dourado bateu no canto direito e converteu: 2 a 2.

Ainda na primeira etapa, o Flu conseguiu virar a partida. Wellington recebeu no meio campo e lançou na medida para Lucas que apareceu como elemento surpresa na frente e finalizou na saída de Julio Cesar: Flu 3 a 2 foi o placar do primeiro tempo.

O ritmo intenso da priemira etapa não se fez presente pelo menos nos primeiros vinte minutos da segunda etapa. O Flu controlava o jogo, enquanto o Fla buscava meios de furar o forte sistema defensivo do adversário. Nas mexidas, Zé Ricardo colocou a campo o atacante Berrío, que entrou bem. No Flu, Abel apostou no jovem Calazans.

O gol de empate do Fla veio em cobrança de falta. A arbitragem marcou a chegada de Richarlison em Pará. Guerrero cobrou com categoria e empatou em 3 a 3. Com o empate, a decisão foi para as penalidade.

Nas cobranças, Diego e Guerrero marcaram para o Fla, mas Réver parou em Julio Cesar e Rafael Vaz cobrou pra fora. Lucas, Henrique, Marquinho e Marcos Junior garantiram a vitória tricolor.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here