“Garçom da série B”, Nádson consegue rescisão judicial com o Paraná e pode ir para a Chapecoense

O meia Nádson, de 27 anos, foi o principal nome do Paraná durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo tendo uma lesão que o afastou dos gramados por algum tempo, o atleta deu nove passes para gol durante a competição e liderou o quesito ao lado de Nenê, do Vasco. Mas em 2017 o futuro do atleta não será no Paraná, já que Nádson conseguiu uma rescisão judicial.

A ação que Nádson moveu contra seu ex-clube é de quase R$ 850 mil e envolve atraso de salário, direitos de imagem, FGTS e uma parcela do 13º. A decisão da suspensão do vínculo que libera o jogador é da juíza Jacqueline Aises Ribeiro Veloso, da 2.ª Vara do Trabalho de Curitiba. O caso ainda cabe recurso do Paraná.

“O clube não pagou e, mesmo que pagasse tudo isso que está devendo, não revogaria essa liminar. Eles querem uma tratativa de acordo, mas não há nada por enquanto”, afirmou Filipe Rino, advogado do meia.

Livre no mercado, o jogador tem caminho aberto para negociar com qualquer equipe, mas o seu provável destino é a Chapecoense, que tenta remontar seu elenco após a tragédia do último dia 29 de novembro.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here