Grêmio é denunciado pelo STJD por invasão da filha de Renato Gaúcho

O Grêmio vai enfrentar um julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da invasão de campo de Carol Portaluppi, filha do técnico Renato Gaúcho. Ela acabou indo ao gramado da Arena do Grêmio ao final do jogo contra o Cruzeiro pela semifinal da Copa do Brasil, partida que garantiu o tricolor gaúcho na decisão da competição. A tendência é de que o clube seja multado apenas em uma quantia financeira.

De acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, o Grêmio infringiu o artigo 2013, já que não impediu a entrada de pessoa não autorizada. A pena para o caso é de multa entre R$100 e R$100 mil, mas não envolve a perda de mandos de campo.

O clube gaúcho já esperava a denúncia, já que o árbitro do jogo, Thiago Duarte Peixoto, da federação paulista, citou o fato na súmula. O julgamento deve acontecer na próxima semana.

Deixe uma resposta