Grupo é preso durante roubo de carga em Nova Iguaçu

Foto: Divulgação
Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (5), Alexsandro da Silva, de 34 anos; Max Santos de Moura Junior, de 32; Eduardo de Souza Silva, de 30; Rafael Ferreira de Souza, de 28, e Joseni Haller de Souza, de 47, pelos crimes de roubo majorado, porte ilegal de arma e associação criminosa.
 
De acordo com o delegado de Polícia Maurício Mendonça, titular da DRFC, Alexsandro, Max e Eduardo foram presos em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no momento em que realizavam o roubo de uma carga de congelados. 
 
Em prosseguimentos às diligências, também foram localizados e presos Rafael e Joseni. Rafael seria o proprietário da veículo utilizado pelos criminosos no roubo e Joseni, a dona da casa onde estava sendo guardada a carga roubada. 
 
A equipe policial recuperou a carga que havia sido roubada e apreendeu tanto o veículo usado no crime, bem como a arma de fogo utilizada pelos criminosos. Com base nas provas reunidas na investigação, a DRFC conseguiu identificar mais um envolvido no roubo, trata-se de Roberto Justino Delfim, que foi indiciado pelo crime.
 
A diligência faz parte de um conjunto de ações que vem sendo desenvolvido com a implementação da operação Asfixia que foi deflagrada no dia 27 de dezembro, em decorrência de uma ação integrada entre a Secretaria de Estado de Segurança (SESEG) e do Governo Federal, tendo como objetivo a redução dos roubos de cargas. 
 
O delegado Maurício informou que, conforme investigações realizadas pela unidade, Alexsandro, Max, Eduardo e Rafael seriam contumazes autores de roubo de cargas, agindo normalmente com emprego de arma de fogo e restringindo a liberdade das vítimas (motoristas). Por esta razão, divulgou a fotografia dos quatro criminosos e solicita ao cidadão que os reconheça como autores de crime, a procurar a  delegacia. A DRFC está localizada na Cidade da Polícia Civil – Av. Dom Helder Câmara, n. 2066.
Joias Nativas

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*