Grupo vandaliza estação do BRT após tentar dar calote

Foto: Divulgação

Dez vidros de portas das áreas de embarque e desembarque foram quebradas na estação do Boiúna, do BRT, na Taquara, Zona Oeste do Rio de Janeiro. De acordo com o consórcio que administra o serviço, o crime aconteceu por volta das 23h20 de domingo (13).

Ainda segundo a empresa, as ações de vandalismo foram cometidas represália pelo fato de um grupo ter sido impedido de praticar calote. O ataque aconteceu poucos minutos após eles tentarem entrar em um ônibus, sem pagar passagem, na estação. Os vândalos estavam do lado de fora do terminal.

Os criminosos ainda tentaram acessar à Boiúna pulando as catracas, mas também foram impedidos. Inconformados, eles foram para a pista e quebraram as portas de acesso dos passageiros. O prejuízo foi calculado em cerca de R$ 6 mil. O Consórcio BRT informou também que os reparos já começaram, mas é preciso esperar a fixação feita por cola nas estruturas de metal dos vidros, os trabalhos devem durar até sexta-feira. O caso foi registrado na 32ª DP (Taquara).

Deixe uma resposta