Guardiola lamenta acidente sofrido por Aguero, mas não culpa jogador: “estava de folga”

O técnico Pep Guardiola não pode fugir das perguntas relacionadas ao atacante argentino Sérgio Aguero, que se envolveu em um acidente de carro na noite da última quinta-feira (28), em Amsterdã, na Holanda. O jogador fraturou uma costela e as primeiras indicações são de dois meses sem atuar.

O que agrada a situação do argentino é o fato dele ter viajado às vésperas de um clássico importante diante do Chelsea, pelo campeonato inglês. A partida acontece neste sábado (30), no Stamford Bridge. Apesar disso, Guardiola não culpou o jogador e afirmo que ele estava de folga, podendo aproveitá-la da maneira que preferir.

“Os jogadores têm de aproveitar a folga do jeito que eles se sentem mais felizes, tenho opinião de que o descanso tem de ser mental também, não apenas físico. A saúde dele é a prioridade, não importa se pode jogar ou não. Felizmente ele poderá voltar a trabalhar conosco em breve”, disse o treinador. “Não quero saber o que eles fazem quando não estão treinando. São pais, têm família para cuidar. Eu também tenho a minha vida privada”, comentou Guardiola.

Aguero viajou para a Holanda para assistir ao show do cantor colombiano Maluma. Após a atração, o argentino pegou um táxi em direção ao aeroporto, aonde pegaria um jatinho particular para Manchester, mas o veículo acabou batendo contra um poste.

Ao que tudo indica, Aguero ficará de molho por um tempo e só poderá voltar aos gramados no começo de dezembro. Ele deve perder onze partidas do Manchester United, além duas da seleção argentina, que jogará pelas eliminatórias nos dias 5 de outubro, contra o Peru, e 10 de outubro, contra Equador.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*