Homem armado dispara em colégio de Grasse, na França

Um homem abriu fogo na escola Alexis de Tocqueville, na cidade francesa de Grasse, nesta quarta-feira (16) e deixou ao menos duas pessoas feridas. Por causa dos disparos, as autoridades pediram que os moradores da pequena cidade, que fica no sul do país, ficassem em casa.

De acordo com a emissora “BFM TV”, um adolescente de 17 anos foi detido pelo crime, mas há a suspeita de que mais uma pessoa esteja envolvida no incidente. O segundo suspeito está sendo procurado pela polícia francesa.

As autoridades informaram ainda que o autor dos disparos “possuía várias armas” e que ele foi atrás do diretor da instituição – que estaria entre os feridos. Segundo o jornal “Le Monde”, citando “fontes confiáveis”, o jovem estava munido de um rifle, uma pistola, um revólver e duas granadas.

O governo francês ativou o plano de “alerta contra atentados” depois do tiroteio em Grasse, mas não há indícios de que o ataque tenha ligação com terrorismo. O mais provável, segundo a mídia francesa, é uma briga entre aluno e diretor. O incidente ocorre no mesmo dia em que uma carta-bomba foi enviada à sede do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Paris, deixando um ferido e evacuando 150 pessoas do local.

ANSA

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*