Invicto na seleção brasileira, Tite diz que pensou muito antes de aceitar o cargo

O técnico Tite está com 100% de aproveitamento frente a seleção brasileira, mas acredita que poderia ter assumido o cargo anteriormente. O treinador, em entrevista ao jornal “El País”, destacou que estava pronto para assumir o comando logo após a Copa do Mundo de 2014, quando a CBF optou por Dunga.

“Eu me preparei e, em 2014, depois da Copa, achei que seria convidado. Entendi que era o meu momento, não o do Dunga ou de qualquer outro técnico. Não porque eu seja melhor, mas porque aquele era o meu melhor momento profissional”, avaliou Tite.

Nesse período em que Dunga comandava a seleção, Tite ainda conseguiu ser campeão brasileiro pelo Corinthians. Somente em junho de 2016 o convite chegou para o treinador, que garantiu ter pensado bem antes de aceitá-lo.

“Eu tive dúvidas em assumir a seleção brasileira. Pensei muito. Uma coisa é tu assumir no início de um trabalho e ter 18 jogos pela frente. Outra é assumir no meio do caminho. Eu não tinha tempo para errar. A minha margem de erro era muito pequena”, analisou.

Nos dias 9 e 13 de junho, Tite vai comandar a seleção brasileira em mais dois amistosos. O primeiro jogo será em clássico diante da Argentina e o segundo confronto contra a Austrália. Ambos vão acontecer na cidade australiana de Melbourne, no estádio Melbourne Cricket Ground, às 7h da manhã (de Brasília).

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*