LAVA JATO: Em depoimento a Sergio Moro, Lula nega ter cometido atos de corrupção

Foto: Divulgação
Durante o depoimento que prestou ao juiz Sérgio Moro, nesta quarta-feira (10), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que não há provas de que ele tenha cometido algum crime. Lula negou ter conhecimento de pagamento de propina da empreiteira OAS a funcionários da Petrobras e ao PT. O ex-presidente também rechaçou a acusação de ter orientado o presidente da construtora, Léo Pinheiro, a destruir provas do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato.
 
No depoimento, o ex-presidente afirmou que não existem escrituras ou outros documentos em seu nome que provem e certifiquem que o triplex no Condomínio Solaris, no Guarujá (SP) seria dele.
 
Perguntado sobre porque procurou o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, Lula respondeu que queria se certificar que o executivo não tinha contas no exterior para receber recursos de propina.
 
O ex-presidente petista é réu na ação em que é acusado de ter recebido R$ 3,7 milhões em propina por conta de três contratos entre a OAS e a Petrobras. De acordo com o Ministério Público Federal os valores foram repassados a Lula por meio da reforma de um apartamento no Guarujá e do pagamento do armazenamento de bens de Lula, como por exemplo, presentes recebidos no período em que era Presidente da República. Lula é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
 
Agência do Rádio
Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*