Lisca lamenta derrota e reclama da arbitragem em jogo com o Corinthians

Derrotado por 1 a 0 para o Corinthians, em São Paulo, o Internacional permanece com 39 pontos conquistados no Campeonato Brasileiro. Agora o colorado vai precisar vencer os dois jogos e ainda torcer contra o Vitória para se livrar da queda. O jogo na Arena Corinthians também marcou a estreia do técnico Lisca, contratado para tentar evitar a primeira queda da história do time gaúcho. Ao final da partida, o treinador fez uma avaliação da atuação e reclamou do lance que originou o pênalti convertido por Marlone.

“Perdi o Vitinho por uma lesão, o Sasha também, mas pedi para ele ficar mais um pouco. O Seijas foi para o jogo. No segundo tempo, estávamos bem nos 10 minutos. Depois teve o lance capital. É um absurdo, duro, difícil. O time brigou, mas não conseguiu ser efetivo e ainda sofre um gol desses, num lance totalmente morto. Vendo o lance agora (no vestiário), doeu muito. Tentamos reagir, perdi o Aylon por um desconforto. O Nico entrou bem na partida. A gente forçou nas bolas paradas, incomodamos o adversário, mas não conseguimos o empate”, disse o técnico Lisca, que completou dizendo que teve pouco tempo para trabalhar.

“A gente teve dois dias de treinamento só. É pouco. O primeiro nem 48 horas depois do jogo (contra a Ponte Preta) e o outro na véspera. Difícil de fazer uma proposta mais elaborada. Mas a estratégia era fechar e sair na transição. Na primeira parte, não tomamos o gol, equilibramos o jogo, colocamos um tripé no meio, com o Anderson de armador. Mas não conseguimos a vantagem pessoal. Eles não chegaram tanto, mas também não agredimos, não conseguimos acossar o adversário”, finalizou o novo treinador do Internacional.

O Inter vai jogar agora no domingo (27), no Beira-Rio, às 17hs, quando enfrenta a equipe do Cruzeiro. Caso seja derrotado e o Vitória vença o Coritiba, no Paraná, na segunda-feira, o clube gaúcho será rebaixado matematicamente.

Deixe uma resposta